Skip Navigation

Partituras "A Música para Flauta e Piano de Francisco Mignone"

 

 

Organizadores: Sérgio Barrenechea, coordenador, Lúcia Barrenechea e Clayton Vetromilla

 

Apesar de o público contemporâneo associar a figura de Francisco Mignone ao ideal nacionalista e principalmente à sua música para piano solo, sua produção é bem diversificada, compreendendo de obras sinfônicas à ópera, de canções à música de câmara em estilos e tendências estéticas variadas.


A música para flauta de Mignone é um repertório ainda pouco explorado pelos flautistas. Nas obras estão contidas uma enorme variedade de estilos, formas, gêneros e intenções musicais, desde as peças mais elaboradas e profundas até as mais leves e graciosas. Sua música tem melodias luxuriantes e ritmos vibrantes, cheios de vitalidade. A escrita para o instrumento é idiomática e inclui passagens de grande virtuosismo romântico aliadas a elementos da música popular brasileira. Mignone, um compositor de treinamento apurado que conhece bem seu métier, escreve para flauta sempre valorizando suas melhores características, assim como para os outros instrumentos envolvidos neste repertório, fazendo jus à fama de bom orquestrador. A sua predileção pela flauta certamente demonstra a influência de seu pai, Alfério Mignone, mas também aponta para a proximidade do compositor com a música popular brasileira.

 

Francisco Mignone compôs mais de trinta obras para música de câmara, de duetos a sextetos, entre originais e transcrições, que incluem a flauta transversal.

 

 


 

A presente antologia de partituras apresenta parte desse repertório, especialmente as obras compostas para flauta e piano, e inclui, seguindo a tendência do compositor, algumas transcrições e adaptações de obras originais para outras formações, feitas especialmente para esta publicação. Portanto, são apresentadas treze obras, em sua maioria em sua primeira publicação. Seis dessas obras são apresentadas também com transcrição da parte de piano para o violão, no intuito de ampliar sua possibilidade de execução e difusão.


Esta coletânea de obras para Flauta e Piano do compositor brasileiro Francisco Mignone contem 3 volumes, e foi elaborada como uma edição prática, para que a música seja objeto de estudo e performance. Procurou-se manter o mais próximo possível do manuscrito, incluindo o layout original de Mignone, como as direções das hastes das notas e os diferentes agrupamentos. O resultado apresentado é fruto de pesquisa realizada na UNIRIO e tem o imprescindível apoio financeiro da FAPERJ, possibilitado pelo Edital de Apoio às Artes de 2012.

 

O trabalho de edição contou com a valorosa contribuição de Lúcia Barrenechea e Clayton Vetromilla. Este produto tem intuito didático ao buscar resgatar obras relevantes da literatura para flauta na música de câmara de Francisco Mignone, tentando contribuir assim para a sua divulgação entre público e músicos interessados em sua performance. Com esta publicação, espera-se ter oferecido uma visão sobre a música para flauta de Mignone e ajudado a promover este variado e pouco freqüentado segmento da música para flauta do século XX.

 

Está disponível também o CD triplo “A Música para Flauta de Francisco Mignone”, lançado em dezembro de 2010, contém o repertório contido nessa coletânea, gravado pelo Duo Barrenechea e convidados.

 

Obras de Francisco Mignone editadas:

Três Peças
I. No fundo de meu quintal (1945)
II. Lenda Sertaneja nº 8 (1940)
III. Cucumbizinho (1931)
Sonata para flauta e piano (1962)
Cantiga de ninar(1925)
Passarinho está cantando (1952)
Modinha (1939)

Suíte para flauta e piano (1949)
Céo do Rio Claro
Assim Dança Nhá Cotinha
Celeste (1923)

2ª Valsa de Esquina (1938)
7ª Valsa de Esquina (1940)
10ª Valsa de Esquina (1938)
Valsa Choro para flauta e piano (1956)

 

Ficha técnica:

Produção executiva: Sérgio Barrenechea
Projeto Gráfico: Paulo Verardo
Revisão de texto: Edmilson Chagas
Edição das partituras: Sérgio Barrenechea, Lúcia Barrenechea (partes de piano), Clayton Vetromilla (partes de violão)
Agradecimentos:
Maria Josephina Mignone, Anete Rubim, Flávio Silva (FUNARTE), Kamilla Thaís do Nascimento.

Apoio
FAPERJ e Instituto Villa-Lobos/UNIRIO

Produzido por Duo Barrenechea, 2016.

www.duobarrenechea.mus.br

 

Adquira a coletânea por mensagem ou pela